Millikan e o Efeito Fotoelétrico

A tabela abaixo mostra as medidas do efeito fotoelétrico no sódio realizadas por Millikan. Na primeira coluna está a freqüência da luz incidente (em unidades de 10 13 hz), e na segunda a energia máxima dos elétrons emitidos (em eletron-volts).
   f          Kmax
  54.90      0.47
  69.09      1.02
  74.08      1.21
  82.13      1.60
  95.93      2.13
 118.83     3.03

Com a hipótese de que a radiação eletromagnética de freqüência  é quantizada em fótons de energia  E = h f , onde h é a constante de Planck, Einstein mostrou que a energia máxima  Kmax dos elétrons depende de  segundo a relação

Kmax = h f - W

onde W é a função trabalho do metal (a energia mínima para retirar um elétron). Portanto o gráfico de Kmax vs.  f deve ser uma reta cuja inclinação é a constante de Planck. Usando este fato e os dados acima Millikan obteve uma medida muito precisa de h (embora na época, 1916, ele não acreditasse em fótons).

O trabalho de Millikan foi publicado em Physical Review 7 (1916) 355. Um pequeno comentário histórico escrito por G. Holton pode ser lido aqui .


Carlos E. Aguiar
Set. 99